O Castelo de Arauxo

Saindo de Lobios pela estrada OU1206 antes de chegar ao Km 4, avistamos sobre a esquerda um pequeno outeiro actualmente muito fácil de localizar devido às antenas ali colocadas recentemente bem como o marco colocado no topo da elevação.

Tomando o caminho existente logo depois da placa indicativa – Castelo de Arauxo – acedemos ao local passando previamente na referida estação de retransmissão.

Segundo o Guía do Patrimonio do Concello de Lobios, “ o castelo asenta sobre un pequeno e escarpado cabezo con grandes penedos no seu cumio- ao que se adaptarian as murallas, os cubos e a torre da homenaxe- dende o que garantia así un perfecto control das terras que dominaba, exercendo sobre elas a autoridade politica, eclesiástica e militar.”

Ainda segundo o mesmo guia, ” o castelo foi obxecto de intervencións arqueolóxicas nos anos de 1988 e 1989 e os materiais arqueolóxicos procedentes delas sitúan a súa vida entre o século XII e a segunda metade do século XV cando coñece a sua destrucíon violenta

 

GALERIA:

3 comentários a “O Castelo de Arauxo

  1. Me parece muy interesante el trabajo realizado sobre el “castillo”.
    Me gustaria saber para que se utilizaba la cisterna¿Seria para agua o para otro tipo de liquido?.

  2. Olá,Jose Antonio. Escrevo de Braga, Portugal. Vi o seu site quando andava a fazer pesquisas sobre o Castelo de Araújo. Estou a fazer o estudo genealógico da minha família onde há uma linha, “Ferreira de Araújo”, que se situava em Vila Real. O nome Araújo é de origem galega e vem desse castelo. O seu fundador terá sido Vasco Rodrigues de Araújo. O seu neto Pedro Pais de Araúja veio para o Lindoso e aí habitou no castelo de Lindoso. Espero, na próxima primavera, visitar o Castelo de Araújo.
    Cumprimentos
    Teresa Lobato

Os comentários estão fechados.