Caminho Português de Santiago V – 6ª etapa

Esta entrada é parte 5 de 5 na série Caminho de Santiago

6ª Etapa – Picaraña – Santiago- 14.6 Km

Dia 13 Abril -Terça-feira. Amanheceu com um vento forte e frio.

Saindo de Picaraña, mais algumas centenas de metros de asfalto. Era a minha despedida à malfadada N550, até Faramello, já proximo do Albergue de Teo, que teria(?) sido melhor alternativa para ter pernoitado. Eram 9:00 horas estava no cruzamento para Valverde. Passo O Seve (ou O Sebe), cruzo a via férrea e vou entrando nos subúrbios de Santiago já em direcção a Milladoiro. Ainda não eram 10:30 quando, desde o Alto de Monteiros, avisto a cidade de Santiago.

Logo logo a seguir, caminhando já em pleno ambiente urbano, cruzo-me com uma caminheira Sul-Coreana muito jovem. Detivemo-nos numa conversa de dois minutos. Com um sorriso oriental rasgado no rosto e emoldurado nuns olhos amendoados muito felizes, a sua preocupação foi amimar-me! …Less than four kilometers…dizia-me sorridente. Perguntei-lhe para onde seguia.

– Oporto!

– Walking?

Allways walking…

Despedimo-nos e continuei para Santiago. Continuando caminho, desci um pouco até encalhar no “Tranvia-Café” cerca das 11:20, logo depois da subida da choupana, depois do hospital. Daí até à Catedral…pela Rua da Porta Faxeira

Ver mais da sérieCaminho Português de Santiago IV – 5ª etapa

Deixe uma resposta