Encontro com “O Rato”

Com os seus 83 anos e a boa disposição que sempre teve, D. José, mais conhecido pelo “Rato”, é uma das poucas memórias vivas dos tempos da exploração mineira do Volfrâmio. Amigo e companheiro inseparável de D. António Tejada, último proprietário (?) das minas, frequentemente o acompanhava nas suas deslocações às  Sombras tornando-se num dos seus homens de confiança. Aqui fica um breve apontamento.

Deixe uma resposta