Entre Antenas

Quando il gioco si fa duro… I duri scendano in campo.

Era assim que o ele começava as coisas , quando as coisas ficavam “complicadas”. E foi o que aconteceu!

Depois de uma tentativa não conseguida e de uma ameaça com pouca convicção, as antenas apareceram à nosssa frente. hpim5857Foi assim:

–  depois de ter tentado abordar o alto de Stª Eufémia, na serra do mesmo nome, partindo de Padrendo e, algures depois da Costa do Santo, percorrer o velho trilho assinalado nas cartas militares – inclusive nas mais recentes, mesmo na cartografia portuguesa-  e não o ter conseguido devido à grande quantidade de mato e vegetação nessa zona;

– depois de ter procurado nas cartas disponíveis as alternativas possíveis, e todas elas parecerem pouco convenientes/convincentes;

– depois disso (!) , rendemos-nos ao estradão!

Refiro-me ao estradão que se  inicia antes de chegar à fronteira da Portela do Homem, e está assinalado como – “Retransmissor de St.ª Eufémia

Em boa hora o fizemos.

E eu que não gosto nada de andar por estradões!!! A menos da névoa, que encurtava o já longo alcance visual e “embaciaria” a maior parte das fotos, (com equipamento rudimentar! Uns filtros e lentes “furavam” a neblina facilmente, mesmo com as digitais, digo eu) tudo se conjugava para um a boa caminhada. Parece-me que o  percurso efectuado, em dias de Sol e calor, deve ser extremamente penoso.  A paisagem compensa tudo, como habitualmente.hpim5921

A possibilidade de ver toda a zona denominada “entre antenas”, torna o percurso ainda mais agradável. Ao mesmo tempo podemos contemplar toda a paisagem dos cumes desde a Nevosa – Altar de Cabrões até à cumeada da Encosta do Sol, com o Gerês nacional e parte da Serra Amarela como pano de fundo ( a menos da neblina, raio!), ainda com bastante neve nos picos mais altos.

Deixe uma resposta